---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Incentivo: Prefeitura de Santiago do Sul pagará R$ 100 mil do PDA a agricultores inscritos em 2020

Publicado em 19/05/2020 às 07:43 - Atualizado em 19/05/2020 às 08:07

PDA 2019
Créditos: césar Baixar Imagem

Conforme o Prefeito Julcimar Lorenzetti, até o final deste mês de Maio, o Governo Municipal de Santiago do Sul, vai depositar a importância de R$ 100 mil reais, para cerca de 200 agricultores inscritos.   O “Programa de Auxilio a Melhorias a Propriedade Agrícola-PDA”, que foi resgatado pela atual gestão em 2018, tem por objetivo  incentivar a permanência do homem no campo produzindo com auxílio financeiro do Governo Municipal,  aumentando sua  renda,  e consequentemente  também  o movimento econômico do município. 

O prefeito ressalta que,  assim que depositar esta parcela  os investimentos chegam a R$ 300 mil reais no PDA, correspondentes aos anos de 2018, 2019 e 2020. Infatiza que mesmo vivenciando este periodo de crise gerado pela pandemia a administração vem trabalhando firme e com planejamento, sendo possivel manter todos os programas em dia. Alerta para que os produtores verifiquem sua situação sobre possíveis pendências junto a Tributação Municipal, e assim, estar recebendo o seu recurso normalmente.

 

Como  funciona o programa 

 

Dos R$100 mil disponibilizados, 30% do valor é rateado igualmente entre todos os agricultores cadastrados e 70% será distribuído conforme índice de participação  do produtor no movimento econômico dos últimos dois anos, ou seja, 2018 e 2019.

Para acessar o benefício o agricultor deve residir no Município de Santiago do Sul; obter 80% (oitenta por cento) da renda proveniente de atividades agropecuárias apresentando extrato da Declaração de aptidão nos moldes do Programa Nacional da Agricultura Familiar – PRONAF/Agricultura. 

O  recuso em conta, destina-se exclusivamente à realização de melhorias na propriedade rural, no custeio das atividades, seja na aquisição de insumos, ração, sementes e outros, a serem utilizados na propriedade rural. O beneficiado tem até Outubro para prestar contas de onde aplicou o dinheiro, através de notas.

Conforme o Prefeito Julcimar Lorenzetti além deste incentivo o programa de horas máquinas gratuitas do “Mais Agricultura” também foi mantido e ainda incrementado o programa de açudagem com 25 horas gratuitas por produtor, e incentivo a colheita de silagem com R$400 por Hectare.

Lorenzetti destaca ainda, que  a simples atitude de utilizar a nota do produtor rural, é fundamental para que a prefeitura melhore seu atendimento no interior do município: Estradas em boas condições, serviços de máquinas nas propriedades e programas de auxílio ao agricultor, assim como serviços nas áreas de saúde e educação, dependem do imposto gerado na comercialização destes produtos. “Por isso peço aos produtores que destaquem a nota de qualquer produto, isso fará  a diferença na arrecadação.”, finaliza o prefeito.